Bem-vindo ao nosso site

Sou Médico, Biólogo e Pesquisador na Área de Fitoterapia. Há anos que venho pesquisando sobre os efeitos curativos da Babosa (Aloe Vera). Trabalhei anos atrás na UFPE com pesquisas sobre a Babosa. Recentemente, estou também pesquisando uma planta medicinal que vem da Amazônia, chamada Crajiru, para o combate do Câncer, principalmente nos estágios já avançados. Obtive recentemente excelentes resultados no meu consultório, de um câncer cerebral disseminado e também de um câncer da vesícula biliar (colangiocarcinoma), extremamente invasivo.Visitem meu site: www.doutordagoberto.com

Por enquanto, todos esses resultados estão sendo praticados na Medicina Baseada em Evidências, porém vou começar em breve uma pesquisa científica junto a Universidade, para o estudo do crajiru.

Quaisquer esclarecimentos, estou à disposição. Mande-me e-mail.

Também trabalho com produtos feitos com a Babosa (Aloe vera), produzidos por uma multinacional norte-americana, a Forever. A mesma fabrica produtos à base de Babosa com finalidades nutricionais, não é medicamento. A mesma possui a linha para o uso externo, ou seja, loções hidratantes, géis, shampoos e protetor solar feitos com a Babosa e a Jojoba. Também tem a linha de produtos para o uso interno, como diversos sucos à base de Babosa, creme dental de babosa em gel, batom labial hidratante com Babosa e Jojoba, etc. Para maiores esclarecimentos, mande-me um e-mail.

O poder da romã

domingo, 21 de março de 2010

É impressionante como a romã também é rica em anti-oxidante.

Na Universidade de Oxford na Inglaterra, pesquisas estão sendo realizadas sobre a romã para o uso da mesma como anti-viral.

Seu poder anti-oxidante é excepcional. Ela é capaz de neutralizar os radicais livres 02 vezes mais que o vinho tinto e 07 vezes mais que o chá verde.

Veja logo abaixo um documentário sobre a romã na Revista Boa Forma.

A Forever tem o suco concentrado da romã associado ao mangostão, ao mirtilo e à uva do monte, que é o Pomesteen Power.

BOA FORMA - Romã e o Pomesteen.pdf (411,6 kB)

1 comment

Mara Carnauba disse...

Boa tarde! Gostaria de saber se mesmo fazendo o tratamento convencional a quimioterapia posso utilizar está planta? Gostaria de saber se interfere no tratamento?

29 de julho de 2017 12:56

Postar um comentário